Quando a cabeça falha

A quarta etapa da Copa Paulista será nesse domingo em Valinhos, na DS Tênis. Vai rolar em parelelo o Festival BBQ, Beer, Jazz & Dogs. Temos 66 inscritos, bom número para uma etapa do Paulista fora da Grande São Paulo.

21016150_1797522256955114_6652825306336529217_o

Desde a semana passada ajudei na divulgação compartilhando o evento nas mídias sociais, estava motivado, mas o bonitão aqui só lembrou ontem a noite que para participar é preciso se inscrever. Pois é, quando a cabeça falha…

Que  seja um evento bem bacana e que todos se divirtam, mas infelizmente nessa etapa não vai rolar o cafezinho da Edilene. Talvez eu use esse tempo para colocar em dia algumas fotos atrasadas.

Anúncios

Fotos – Copa Jump / Esquenta Américas

Pela aba FOTOS no cabeçalho do Blog, clicando sobre a imagem abaixo da inscrição “Copa Jump” você será encaminhado as imagens da prova realizada em Valinhos.

DSC_0208

Detalhes

Nosso esporte é cheio deles. São tantas variáveis no espaço compreendido entre os cães e nós condutores que traçar metas na certeza de alcança-las é quase impossível. As vezes somos surpreendidos e os resultados são mais breves do que previsto, outras, podem demorar muito mais do que desejamos.

Edilene e Loira conquistaram seus dois Ezs em Sorocaba no Brasileiro passado. Grama natural, obstáculos que treinamos, fator casa, não sei…, detalhes. Fato é que desde então a dupla vem batendo na trave pelo terceiro EZ que dará o passaporte para o A&C. Nas últimas quatros pistas em Valinhos, foram três pistas com apenas uma Falta.

Creio que apenas um pouco mais de tranquilidade e atenção sejam o suficiente para cercar esses pequenos detalhes que as separam do G2. Na minha opnião é apenas uma questão de tempo porque estão no caminho certo, mas sabemos como é difícil lidar com a ansiedade.

Entre as três pistas de apenas uma falta da dupla em Valinhos, escolhi essa como a melhor. Apenas uma Barra para o EZ.

Vício

Quem frequenta o Blog provavelmente já ouviu declarações de agilitistas dizendo que uma vez picado pelo inseto Drosophila Canis Agilitus (transmissor do vírus agilitista) nunca mais será o mesmo.
 
 Os que sofrem desse mal, certamente já passaram por situações em que passeando e avistando um belo campo gramado, começou a imaginar como ficaria mais bonito aquele espaço com obstáculos coloridos, barracas de escolas, cães correndo e saltando. Cercas de jardim dispertaram aquela dúvida: – Será que se eu mandar, o Totó pula?… Passou por centros esportivos e ficou imaginando que com todas aquelas quadras de futebol society poderia rolar um campeonato bem legal com duas ou três provas ao mesmo tempo.
 
 Sim, esses são alguns exemplos de como trabalha a cabeça de um louco por agility… e olhem que citei apenas exemplos relacionadados a espaço porque se começarmos a falar de idéias para treinamento…, faltaria espaço no Worpress.
 
Ontem, fiquei com a tela da lista de inscritos aberta em meu computador até o segundo tempo da prorrogação. Dez da noite, meu lado consciente dizendo que deveria deixar passar em branco, mas o lado viciado insistia para que eu apertasse o ícone inscrever dupla. Com muito esforço somado a ajuda da metade consciente da Edilene, finalmente consegui desligar meu computador e evitar aquele clique que comprometeria todo o final de semana.
 
 
Para mim as seletivas seriam apenas diversão e claro, aprendizado, lembrando que os melhores estarão por lá, mas tenho muita coisa pendente para resolver em casa e mesmo com o sangue contaminado correndo nas veias, as vezes (bem pouco) devemos lembrar que a vida não se resume a esse vício tão bom.
 
 
Curtindo minha crise de abstinência, desejo muita sorte aos que brigam por uma vaga e… muita diversão aos demais.