Quando a cabeça falha

A quarta etapa da Copa Paulista será nesse domingo em Valinhos, na DS Tênis. Vai rolar em parelelo o Festival BBQ, Beer, Jazz & Dogs. Temos 66 inscritos, bom número para uma etapa do Paulista fora da Grande São Paulo.

21016150_1797522256955114_6652825306336529217_o

Desde a semana passada ajudei na divulgação compartilhando o evento nas mídias sociais, estava motivado, mas o bonitão aqui só lembrou ontem a noite que para participar é preciso se inscrever. Pois é, quando a cabeça falha…

Que  seja um evento bem bacana e que todos se divirtam, mas infelizmente nessa etapa não vai rolar o cafezinho da Edilene. Talvez eu use esse tempo para colocar em dia algumas fotos atrasadas.

Anúncios

Dever cumprido

Essa foi minha sensação ao final do domingo enquanto desmontávamos as barracas ao final da segunda etapa da VIII Copa Paulista.

Tinha atuado em alguns Opens, mas essas foram minhas primeiras pistas elaboradas especificamente para o Grau 3. Alguns podem não entender, mas me sinto muito responsável pelas duplas em pista. Me esforço ao máximo para oferecer bons percursos e uma arbitragem mais justa possível porque sei bem como todas as duplas trabalham forte em seus propósitos.

Recebi ao final de todas as pistas feedbacks super positivos, fato que motiva e me leva a crer estar no caminho certo dentro da aribitragem.

DSC_0816

Deixo meu agradecimento aos colegas Diego e Luis que dividiram o dia de trabalho, aos auxiliares de pista, à secretaria, ao pessoal de apoio, ao Renan que representou a Comissão de Arbitragem e aos membros da CA pela confiança depositada.

VIIICPA2ETAG3

VIIICPA2ETJP3

Mudanças no Regulamento

Nessa primeira etapa da Copa Paulista experimentamos o novo formato do Regulamento que tange os pódios e Rankings das categorias Iniciantes, Grau 1 e Grau 2. Pertinente à todas as mudanças, elogios e reclamações ecoaram ao longo da prova.

Prós – A maior possíbilidade de competidores que estão começando conquistarem uma medalha, fato que sempre motiva. Invés de cinco medalhas, embora nem sempre tinhamos o pódio completo, agora são seis. Premiando as três primeiras por perna, mesmo que uma dupla suba duas vezes ao pódio, creio que aumente a probabilidade de mais competidores levarem uma medalha para casa. Como exemplo, tivemos o pódio G1 em que nenhuma dupla se repetiu na foto. Discutimos também o fato de que os competidores devem encarar Iniciantes e Grau 1 como graus de passagem, degraus para o Grau 2, não devem ficar “amarrados” a possibilidade de um título, ou seja, é necessário uma mudança na mentalidade para encarar esse estágio. Não podemos esquecer também que em vários países os nossos Iniciantes e G1(Agility + Agility) inexistem ou não são oficiais.

Pódio da prova ou primeira perna G1 Standard

Pódio da prova ou primeira perna G1 Standard

Contras – O fim do Ranking. Conhecemos muitas duplas que comemoraram o título, cito meu caso, mesmo que do Grau 1, tenho orgulho dos troféus em minha estante. Como dito, é necessário uma mudança na mentalidade, em vez de apenas uma dupla comemorar o título, devemos valorizar várias duplas que subirão ao pódio com sua medalha por cada etapa conquistada e também aquelas que serão promovidas antes mesmo do final da temporada.

De orelhada, principalmente focando os “atingidos”, tive a impressão de que a maioria dos competidores aprovou a mudança.