Sejamos justos

No dia 17 de abril a CBA emitiu nota convidando membros das comissões,  representantes de escolas e ou chefes de equipe para abordarem assuntos pertinentes a nova temporada.

Pois bem, lendo a ata de reunião vemos que foram poucos os presentes e aqui aproveito para fazer um mea culpa porque por motivos pessoais não participei e pior, não comuniquei aos organizadores como nos foi solicitado. Notei que houve participação remota, ou seja, houve a possibilidade de participação de quem estava distante. O pessoal de Recife também teve a oportunidade de se inteirar graças a presença de Artur na cidade e contaram com a participação do presidente do Kennel local.

Cada qual com suas prioridades e compromissos, mas não devemos agora, mediante as informações que vão surgindo, criticar o que foi decidido na oportunidade. Podemos e devemos questionar sim, mas sempre respeitando a decisão daqueles que lá estiveram e que certamente procuram o melhor para o Agility, assim como todos nós.

Como sempre, devemos lembrar que nosso esporte é amador, depende do voluntariado, da ajuda e união de todos.

maos

Calendário para temporada 17/18

Esse fim de semana marcou o encerramento da temporada 16/17 do Agility brasileiro, de forma morna diga-se de passagem, principalmente porque no calendário era previsto uma festa anual que marcaria a temporada. Eu esperava pelas provas de Túneis, prova do Tambor e a cerimonia de entrega dos troféus pelas conquistas das duplas, semelhante o que ocorreu na anterior, mas…

Rei morto, Rei posto – Hoje o site oficial agilitybr publicou o calendário para a próxima temporada e destaco alguns pontos:

O primeiro é que começamos com etapa dupla da Copa Paulista. Eu sou contra, algo cabalístico, mas tenho que as etapas do Paulista devam ser simples e nos domingos.

Segundo que temos as datas das quatro etapas do Campeonato Paranaense e isso é maravilhoso. Tive a oportunidade de participar do primeiro em 2014 como árbitro e competidor e foi ótimo. Creio que serão outros organizadores e não sei em qual cidade será, mas se repetir o que tivemos na oportunidade, certamente será um sucesso.

Paranaense de 2014

Terceiro que voltaram as dez etapas do Brasileiro com intervalos de dois meses entre elas, rotornando a Copa CBA para apenas um fim de semana como seletivas, formato esse que mais me agrada. Há rumores que uma dessas etapas duplas do brasileiro será realizada no nordeste e mesmo sabendo que dificilmente participarei, sou totalmente a favor. Afinal, nada mais justo mediante a força que está se tornando a região no cenário brasileiro.

Como sempre, ficamos na torcida para que as datas sejam respeitadas, já que isso é fator primordial na programação daqueles que precisam fazer grandes deslocamentos e ficar dias afastados de casa e do trabalho.

Boa temporada à todos.

Mini Revolução

A carência de Minis e Midis no Agility brasileiro desde sempre foi destaque nas ordens de entrada. Não foi planejado, mas acabei deixando os Standards com a chegada do Skol. A intensão era a de um cão pequeno para Edilene conduzir, o resto é história, mas fato é que a “concorrência” nas categorias menores fica longe dos Standards, talvez seja um dos fatos de nos classificarmos para o Mundial.

Essa semana fizemos a CT da Raika, nossa Sheltizinha que será conduzida pela Edilene. Concordamos em estreiá-la no G0 para que a dupla comece sem nenhum tipo de pressão e vá ganhando confiança sem estresse. Como ela é Mini, corri os olhos na lista das novas carteiras para essa categoria e fui surpreendido positivamente.

ctrk

Encontrei muitos pequenos que serão conduzidos por condutores experientes como Rubens com Nose, Leandro com Farofa, Vívian com Nimoy, Katia com Pringles, Cassiana com Chili, Felipe com Kyra, Ana com Peeta e Marcela com Marie são algumas dessas duplas Minis Iniciantes. Além dessas duplas, temos algumas desconhecidas por mim como Miguel com Tommy, Weslei com Balu, Joanna com Dilma, Patricia com Arrow, Rosane com Sofia e Eric com Léia.

Ainda não sabemos se todas essas duplas estarão em Itu nas etapas da Copa CBA, mas seria lindo ver uma ordem de entrada recheada de Minis, uma Mini Revolução.

Rejuvenescer

Comecei a escrever sobre, mas confesso não achar mais palavras para explicar ou encontrar uma saída para reverter o baixo número de inscritos nos campeonatos regionais e nacionais.

Mesmo com toda a tradicional estrutura do Clube de Cãompo, não atingimos 100 duplas nas finais do Brasileiro. Agora, a etapa da Copa Paulista será em quadra de grama sintética à poucos quilômetros da Dog World e vemos uma lista de apenas 46 duplas inscritas…

Estamos vivendo uma entressafra, é a recessão ou apenas um cansaço natural?

A CBA emitiu recentemente um comunicado solicitando sujestões para a próxima temporada.

Comunicado, 18 de fevereiro de 2016

Creio que a “velha guarda” do Agility esteja limitada a experiências vividas no passado. Sabem aquela história do “ah, isso nós já fizemos e não deu certo”, ou seja, não vale a discussão, muito menos tentarmos novamente.

Baseado nisso, acho válido incentivarmos novos agilitistas a participarem mais ativamente para, quem sabe, rejuvenescermos essa nossa cara de cansaço. O objetivo desse post é esse, tentar motivar a galera nova do esporte para que enviem sujestões às suas escolas, aos seus coordenadores, árbitros ou membros das comissões para que essas novas novas idéias cheguem a CBA.

pug-dog-baby

Nós que estamos há muito tempo no meio adquirimos muitos vícios e chega o momento que se faz necessário um olhar externo, de fora da bolha. Vamos lá, precisamos e contamos com a ajuda de vocês que estão chegando agora!