Resgate da alegria

Estávamos afastados do Agility há seis meses por problemas pessoais, apaixonados como somos e com seis cães em casa que praticam o esporte, imaginem a saudade que estávamos sentindo. Até esse espaço aqui ficou negligenciado.

6m

Porém, as coisas estão voltando aos eixos e depois desse enorme jejum conseguimos fazer dois treinos recentemente. Na verdade foram mais brincadeiras porque nós e nossos cães estamos fora de forma e uma contusão nessas condições é bastante comum.

Estamos muito felizes por voltar e será nessa etapa, a última do Paulista temporada 17/18. Porém, olhando a lista de inscritos, não há como não nos decepcionarmos. Achei que seria uma prova atrativa pela localização, o sempre ótimo Clube de Cãompo, mas aparentemente nem mais esse fator parece motivar os praticantes. Estou sabendo que teremos outros campeonatos em paralelo e haverão duplas viajando para o A&C da Argentina, mas eu esperava uma lista de inscritos bem mais recheada.

Ano passado, pouco antes de nos ausentarmos, começou um movimento de mudanças. Ví caras novas chegando, pessoas com aquele gás para fazer as coisas acontecerem, um novo site, mudanças nos regulamentos, nos formatos dos campeonatos em relaçao à número de etapas, valores, fim de isenções e sistemas de classificação para provas internacionais entre outras. Enfim, foram implantadas muitas mudanças nessa temporada que está se aproximando do fim.

Torço para que aqueles que implantaram as mudanças e trabalharam por elas ao longo da temporada estejam analisando com carinho tudo o que foi realizado e quais foram os  efeitos, para ampliarem os pontos positivos e eliminarem os negativos de todas as experiências realizadas. Quem sabe assim consigamos resgatar aqueles que estão em modo repouso e consequentemente atrair novos praticantes.

Creio que poucos ainda dispensem seu tempo na leitura desse espaço, mas pessoalmente é uma forma de me reaproximar. Espero revê-los em breve, TODOS, e juntos resgatarmos aquele clima alegre e agitado dos bons tempos de Agility.

20180324_171537

Anúncios

Quando a cabeça falha

A quarta etapa da Copa Paulista será nesse domingo em Valinhos, na DS Tênis. Vai rolar em parelelo o Festival BBQ, Beer, Jazz & Dogs. Temos 66 inscritos, bom número para uma etapa do Paulista fora da Grande São Paulo.

21016150_1797522256955114_6652825306336529217_o

Desde a semana passada ajudei na divulgação compartilhando o evento nas mídias sociais, estava motivado, mas o bonitão aqui só lembrou ontem a noite que para participar é preciso se inscrever. Pois é, quando a cabeça falha…

Que  seja um evento bem bacana e que todos se divirtam, mas infelizmente nessa etapa não vai rolar o cafezinho da Edilene. Talvez eu use esse tempo para colocar em dia algumas fotos atrasadas.

XCPA – 3ª etapa

Atrasado, mas como foi muito agradável, não poderia ficar sem comentar sobre a terceira etapa da Copa Paulista de Agility que ocorreu dia 6, no Clube de Cãompo em Itu.

Competindo no G3 e julgando quatro pistas G1 e G2, o domingo foi muito desgastante, tanto que na segunda-feira eu estava com as pernas doloridas. Porém, o prazer de estar fazendo o que gostamos nos faz superar o cansaço.

Foram muitos pontos positivos: – Edilene e Raika foram muto bem nas duas pistas e faturaram mais uma medalhinha de ouro. Só não conquistaram a segunda porque Edilene optou em dar sequência após um refugo na entrada do Slalon. – Eu e Skol eliminamos no Jumping por uma infelicidade quando errei um pouco a trajetória e ele derrubou a asa de um Salto que precisaria ser refeito. Não fosse isso, seria uma pista muito rápida e limpa. No Agility apenas um Refugo no Slalon, o que acabou impedindo pontuarmos por não alcançar o tempo alvo estabelecido pela dupla Zé e Bina.

Na arbitragem fiquei muito satisfeito com todas os quatro percursos, talvez um porém para a abordagem da Passarela do G2. Em parceria com Samir, árbitro das pistas G3, fizemos um grande trabalho com as mudanças de uma forma simples e muito rápida.

AG2

Tentei algo novo ao divulgar as pistas antes da montagem dos percursos. O feedback por parte de competidores e árbitros ficou entre positivos e neutros, nenhum comentário negativo, o que me motiva a continuar colocando, junto as ordens de entrada, os percursos que julgarei na prova.

JP2

Dentre as alegrias do dia, o melhor foi a obtenção dos combinados por várias duplas que estavam atrás do acesso. Como árbitro, é gratificante ver as duplas colocando o seu melhor em exercícios que traçamos com todo cuidado. Na categoria Mini foram Samir com Bandit e Julia com Pixel e entre os Standards, Samir com Shine, André Deco com Valentina e Renata com Capitu. Na abertura do Brasileiro teremos mais essas cinco duplas no G3. Bom demais.

Pisantes

Visitando o Outlet Adidas para comprar um presente de aniversário para Edilene, tive uma grata surpresa com as novidades da marca, além dos modelos da Reebok que também pertence a ela.

Para quem começou no Agility calçando chuteiras de Society, ver diversas e boas opções nas prateleiras é uma grande mudança. O mercado que está atraindo essas novidades é a quantidade de novos esportes cross-country ou atividades outdoor que surgem a cada dia porque se dependesse do aumento de praticantes de Agility…

A Adidas teve a grande sacada de criar diversos modelos sobre a mesma plataforma, ou seja, sobre seu ótimo solado Traxion, um velho conhecido nosso. Os modelos Adidas são acessíveis, todos esses estão na faixa de R$ 200,00 à R$ 280,00.

Aqui a atualização da linha Kanadia, o novo TR8. O mais leve entre os três pelo seu interior mais simples ou menos confortável.

Adidas Kanadia 8

Adidas Kanadia tr8

Os dois próximos achei muito semelhantes, uma questão de gosto no momento da escolha.

Adidas Trail Rocker

Adidas Trail Rocker

Adidas Galaxy

Adidas Trilha Galaxy

Como a intenção era presentear, o bolso estava mais maleável e acabei optando pelo modelo da Reebok. Ele tem um solado com desenho muito parecido ao Traxion, mas um pouco mais macio e confortável.

Reebok All Terrain Thrill

Reebok All Terrain Thrill

Sejamos justos

No dia 17 de abril a CBA emitiu nota convidando membros das comissões,  representantes de escolas e ou chefes de equipe para abordarem assuntos pertinentes a nova temporada.

Pois bem, lendo a ata de reunião vemos que foram poucos os presentes e aqui aproveito para fazer um mea culpa porque por motivos pessoais não participei e pior, não comuniquei aos organizadores como nos foi solicitado. Notei que houve participação remota, ou seja, houve a possibilidade de participação de quem estava distante. O pessoal de Recife também teve a oportunidade de se inteirar graças a presença de Artur na cidade e contaram com a participação do presidente do Kennel local.

Cada qual com suas prioridades e compromissos, mas não devemos agora, mediante as informações que vão surgindo, criticar o que foi decidido na oportunidade. Podemos e devemos questionar sim, mas sempre respeitando a decisão daqueles que lá estiveram e que certamente procuram o melhor para o Agility, assim como todos nós.

Como sempre, devemos lembrar que nosso esporte é amador, depende do voluntariado, da ajuda e união de todos.

maos

Calendário para temporada 17/18

Esse fim de semana marcou o encerramento da temporada 16/17 do Agility brasileiro, de forma morna diga-se de passagem, principalmente porque no calendário era previsto uma festa anual que marcaria a temporada. Eu esperava pelas provas de Túneis, prova do Tambor e a cerimonia de entrega dos troféus pelas conquistas das duplas, semelhante o que ocorreu na anterior, mas…

Rei morto, Rei posto – Hoje o site oficial agilitybr publicou o calendário para a próxima temporada e destaco alguns pontos:

O primeiro é que começamos com etapa dupla da Copa Paulista. Eu sou contra, algo cabalístico, mas tenho que as etapas do Paulista devam ser simples e nos domingos.

Segundo que temos as datas das quatro etapas do Campeonato Paranaense e isso é maravilhoso. Tive a oportunidade de participar do primeiro em 2014 como árbitro e competidor e foi ótimo. Creio que serão outros organizadores e não sei em qual cidade será, mas se repetir o que tivemos na oportunidade, certamente será um sucesso.

Paranaense de 2014

Terceiro que voltaram as dez etapas do Brasileiro com intervalos de dois meses entre elas, rotornando a Copa CBA para apenas um fim de semana como seletivas, formato esse que mais me agrada. Há rumores que uma dessas etapas duplas do brasileiro será realizada no nordeste e mesmo sabendo que dificilmente participarei, sou totalmente a favor. Afinal, nada mais justo mediante a força que está se tornando a região no cenário brasileiro.

Como sempre, ficamos na torcida para que as datas sejam respeitadas, já que isso é fator primordial na programação daqueles que precisam fazer grandes deslocamentos e ficar dias afastados de casa e do trabalho.

Boa temporada à todos.